8 - Configurar

Aqui você pode definir os dados exibidos nos dropdowns

Uma vez que você selecionar a lista que deseja alterar, você pode adicionar, editar ou apaga-las.

Selecione uma posição na lista suspensa e use a seta para mudar seu nome ou comentário.

Os comentários que você digitou serão visíveis no GLPI. Você só precisa passar o mouse sobre o ícone da Ajuda associado à lista drop-down para exibi-la.

<note important> Se você remover itens usados, você terá que fazer uma escolha entre mudar entradas existentes ou torna-las NULL. </note>

Componentes

Esta seção permite gerenciar os componentes que podem ser adicionados aos seus computadores.

Para adicionar um componente, siga estes passos:

  1. Selecione o tipo de componente que você deseja adicionar e clique em “Enviar”.
  2. Observe que uma lista de todos os componentes do modelo selecionado são mostrados nesta página.
  3. Clique no botão “Adicionar Componente”
  4. Preencha os detalhes do componente. Clique no botão “Adicionar” quando tiver terminado.
  5. O componente recém adicionado agora deve estar na lista de componentes que você pode adicionar a seus computadores.

Para atualizar ou excluir um componente, siga estes passos:

  1. Selecione o tipo do componente que você deseja atualizar/excluir e clique no botão “Enviar”.
  2. Clique sobre o nome do componente que você deseja atualizar/excluir.
  3. Se for atualização: Faça as alterações desejadas e clique no botão “Atualizar”.
  4. Se for exclusão: Clique no botão “Deletar”.

<note important>Excluir um componente irá removê-lo de qualquer computador a que tenha sido adicionado</note>

Geral

A configuração geral da aplicação. Você tem seis tabs.

Configuração Geral

  • O idioma padrão para a criação de novos usuários.
  • O nível de log e tempo de armazenamento.

<note tip> Se você mantém registos muito tempo, o banco de dados pode crescer significativamente. </note>

  • O modo de operação do GLPI : O “ normal ” representa um uso clássico do GLPI. “ Debug ” destina-se a desenvolvedores e testadores, “ tradução ” para tradutores, podem ver todas as entradas do dicionário, e “ Demonstração ” bloqueia algumas modificações.

<note tips> Ative o modo de depuração GLPI se encontrar falhas e também ative o modo “Trace Files”. Você verá mensagens de erro e outras informações importantes sobre a tela e os arquivos nos diretórios / files / _log Mais informações sobre o modo DEBUG </note>

Inventário
  • Nível de Atenção para cartuchos e Insumos. Alterar padrão para cada tipo.
  • Data de início do ano fiscal é usada para a gestão de depreciação.
Assistência
  • Permitir a abertura de tickets como anônimo ou não autorizar os pedidos de assistência através do arquivo anônimo helpdesk.html.
  • Atribuir automaticamente nova técnica de intervenção, se ela existir.
  • Mudanças no log pela adição de follow-ups em tickets: Você não pode criar follow-up durante a edição de um ticket.
  • Manter os tickets quando um item de inventário é removido.
Avisos por e-mail
  • Alertas sobre Contratos (padrão): Define em qual evento o envio de um e-mail de alerta ocorre.
  • Alertas sobre as informações financeiras (padrão): Define em qual evento o envio de um e-mail de alerta ocorre.
Procurar por atualização
  • Procurar por atualização: verificar automaticamente as atualizações semanais, mensais ou pode ser desabilitado.
  • Adicionar configurações de um proxy se for utilizado.

Configuração de Exibição

A configuração de exibição do aplicativo permite que você defina algumas configurações de exibição.

  • Número de eventos na exibição de log: número de logs que serão mostrados na página inicial do Console Central. (0 = nenhum)
  • Número de itens a serem mostrados por página: para todas as listas de itens exibidos, como os computadores …
  • Número de caracteres para cada elemento da lista: a redução do tamanho das strings exibidas para obter um display legível.
  • Número máximo de caracteres vistos na caixa de seleção: Você pode limitar o número de caracteres exibidos na lista drop-down.
  • O formato da data: Você pode definir a exibição de datas

(YYYY-MM-DD ou DD-MM-YYYY).

  • Mostrar GLPI ID: Para mostrar ou não os números de identificação interna de cada hardware / software.
  • Usar para itens Próximo/Anterior: Você pode ajustar as guias anterior e próximo usadas para navegar dentro dos elementos do inventário de acordo com seu ID ou nome.
  • Limite de agendas por planejamento: para não mencionar as 24 horas, mas para restringir o efeito dia de trabalho.
  • Intervalo para horas: modifica o passo (unidade de tempo) para horas de planejamento, empréstimos e notas.
  • Texto da página de login: o texto exibido quando se faz login no GLPI. Pode conter código HTML e incluir links externos.
  • Link para ajuda do Helpdesk: Por padrão, é o link para a Wiki do projeto GLPI
  • Mostrar chamados novos quando logar: Para mostrar novos tickets “vagos” na página inicial do console central.
  • Cores das prioridades.

<note> Mesmo se você definir o formato da data como DD-MM-YYYY, durante uma busca por data, você precisa utilizar a sintaxe [Year] - [Month] - [Day]. </note>

  • Usar Ajax: permite ativar ou desativar o GLPI AJAX (pesquisa gerenciada, campos de texto).
  • Auto-Completar o texto com o Ajax: Se “Usar Ajax” estiver habilitado, isto permite ver enquanto estiver introduzindo caracteres na caixa de texto, os elementos já existentes no banco de dados com uma lista de resultados com esta entrada.
  • Ajax Wildcard: caracteres utilizados para pesquisas do tipo AJAX. Para listar todos os elementos.

Dica: clique duas vezes para mostrar automaticamente o Wildcard Ajax.

  • Ajax - número máximo de itens vistos: limita o número de itens exibidos nas listas de resultados (exceto quando o wildcard é usado).
  • Não use Ajax se o número de itens form menor que (0=nunca usa): desativa o AJAX para a pesquisa em que o número de itens mostrados na lista de resultados é menor que este valor.

Restrições

  • Restringir o gerenciamento manual de itens
  • Adicionar automaticamente usuários de uma fonte de autenticação externa: permitir a autenticação de fonte externa ou desativá-la.
  • Permitir que anônimos vejam as FAQ´s: Permite ou não usuários anônimos (sem autenticação prévia) consultar o FAQ.
  • Ativar Mode OCS-NG.

Conexões Diretas

  • Atualização automática dos elementos ligados aos computadores (Unidade de gerenciamento)

Replicar Mysql

Desde a versão 0.71, é possível definir uma replicação do banco de dados GLPI.

<note important> As replicações devem ser criadas e configurados usando as ferramentas MySQL. Veja Documentação do MySQL .</note>

Estas réplicas serão utilizadas em dois casos:

  • Em caso de falha do servidor primário. Nesta situação, a aplicação automaticamente muda para somente leitura (uma guia é indicada na barra de menu).
  • Ao executar relatórios, a fim de reduzir a carga sobre o servidor.

É aconselhável usar um login com privilégios de apenas leitura da base.

Habilitar notificações pode enviar um e-mail para o administrador, quando o servidor está dessincronizado.

Notificações Automáticas

<note important> GLPI usa um “pseudo cron”. Ou seja, ele executa as ações automáticas, enquanto houver atividade no aplicativo (usuários conectados, solicitações de página, etc). quiser que o GLPI realize ações automáticas sem atividade aparente, consulte o Configuração do GLPI </note>

Esta seção permite configurar o monitoramento de tickets e avisos por e-mail.

Se você ativar esse recurso, um e-mail será enviado no momento da criação de um novo bilhete, quando se altera o ticket (por exemplo, a atribuição de uma categoria), no encerramento de um ticket, ou quando uma ação acontece em uma data específica (fim do contrato, garantia, etc).

Configurar

  • Você pode preencher o endereço de email do administrador e a assinatura adicionada em cada e-mail.

Você pode adicionar um link ao ticket em e-mails enviados, especificando a URL da instalação GLPI.

Dependendo do seu ambiente GLPI, você pode usar a função mail do PHP ou um servidor SMTP. Você pode configurar isso na instalação → Notificações

É onde você também pode optar por enviar alertas sobre o nível de insumos / cartuchos.

Você pode enviar um e-mail de teste para validar a sua configuração.

<note tip> No caso de entidades multi-uso, GLPI é utilizado como endereço de e-mail de administrador, indicado no formulário da entidade. </note>

Opções de Notificações

  • Outras opções permitem que você limite os e-mails enviados. Para cada tipo de usuário, você pode habilitar ou desabilitar as notificações, o usuário recebe, por exemplo, atualizações de tickets, a adição de novos acompanhamentos, fechamento de tickets, operações de empréstimos e alertas.
  • Você pode escolher qualquer tipo de perfil ou grupo para o qual o e-mail será enviado.
  • O usuário receberá um e-mail informando que foi ativado o rastreamento por e-mail na sua aplicação.

Opções de Alarme

Estas opções permitem que você limite os e-mails enviados. Para cada tipo de usuários (perfis).

Este processo verifica insumos, cartuchos, vencimentos de contratos, vencimentos garantia, licenças.

<note tip> É no contrato ou informação financeira, que você realmente ativa o sistema de alerta. As informações referentes aos equipamentos necessários para validar um alerta são: que a data de vencimento é anterior à data da compra ou anterior, que o período de garantia esteja inserido e a informação de alerta ou de garantia, ou financeira. Não se esqueça de configurar o GLPI para enviar avisos. </note>

Autenticação

Autenticação externa, você pode usar fontes alternativas de autenticação. Isso evita que você tenha que adicionar manualmente todos os usuários. Você pode definir quantas fontes externas de autenticação você desejar.

Para usar esses métodos de autenticação, você deve ativar as extensões correspondentes na configuração do PHP.

Diretórios (LDAP / Active directory)

A primeira solução é a utilização de um ou vários LDAP ou Active Directory.

<note> Para configuração detalhada, consulte Página de configuração do LDAP .</note>

Servidor de Email

A segunda solução é usar um servidor de email:

  • Você deve, então, definir a primeira parte no servidor. Para definir corretamente consulte o link para php.net que oferece muitos exemplos.

As configurações que você escolher pode lhe dar strings de conexão como estas:

  • (localhost: 110/pop3),
  • (localhost: 993/imap/ssl),
  • (localhost: 995/pop3/ssl/novalidate-cert) …
  • O segundo parâmetro define o campo usado para e-mail que será usado para preencher automaticamente os endereços de e-mail de novos usuários. Se o usuário for lucas, o seu endereço de e-mail será domaine_mail @ lucas.

Servidor CAS

A terceira solução é o uso de um servidor CAS. Uma vez configurado, você pode se conectar com um usuário local, acrescentando? NOCAS = 1 na sua URL.

Outros

Autenticação Automática (O.71)

Autenticação automática permite que os usuários do GLPI possam automaticamente entrar na aplicação sem ter que digitar seu nome de usuário e sua senha.

<note> Para configuração detalhada, consulte a documentação .</note>

Gateways de Email

O GLPI suporta a abertura de tickets por usuários a partir de e-mails

O GLPI é capaz de interagir com contas de email para recolher os pedidos de abertura de tickets enviados por usuários.

Você pode criar uma ponte como você deseja, especificando a entidade na qual os tickets serão criadas (o padrão é a entidade root).

A cada 6 minutos o GLPI conecta os gateways criados, elevando os e-mails e cria os tickets correspondentes. Se o emitente do email GLPI é conhecido, ele será automaticamente o dono do ticket.

<note important> GLPI usa um “pseudo cron”. Ou seja, ele executa as ações automáticas, enquanto houver atividade no aplicativo (usuários conectados, solicitações de página, etc). Se você quiser que o GLPI realize ações automáticas sem atividade aparente, consulte o Configuração do GLPI </note>

Modo OCS-NG

Este é o lugar onde você define o modo OCSNG.

Você pode adicionar, modificar, apagar todas as conexões a um servidor de OCS / NG que você quiser.

Cada servidor tem um arquivo contendo os seguintes parâmetros:

Ele inclui as informações de conexão para a base OCSNG, as opções de importação e os campos de informação e componentes que você deseja importar / sincronizar.

No que diz respeito as opções de importação, você pode limitar as importações de tags (etiquetas), previamente preenchidas no OCSNG. Você também pode definir um estado padrão, que você previamente inseriu em (- Configurar - Títulos Status do Meterial).

A opção Monitores oferece uma opção particular, “Importação de unidade em número de série” Neste modo, se o monitor tem um número de série, há unidade de importação gerenciada, caso contrário, não há importação.

Você também pode optar por não usar o dicionário de software do OCS-NG quando importar software.

Numero de computadores para sincronizar usando a cron: você pode configurar a sincronização automática. Isso permite que você especifique quantos computadores sincroniza automaticamente a cada 5 minutos.

Se você tiver ativado, indicando que ele deve sincronizar pelo menos uma máquina, então ele deve rodar em segundo plano.

<note important> GLPI usa um “pseudo cron”. Ou seja, ele executa as ações automáticas, enquanto houver atividade no aplicativo (usuários conectados, solicitações de página, etc). Se você quiser que o GLPI realize ações automáticas sem atividade aparente, consulte o Configuração do GLPI </note>

Tipo de documento

Nesta seção, você pode adicionar ou alterar os tipos de documentos permitidos no GLPI.

As informações a serem fornecidas são:

  • O nome do documento.
  • A extensão, exemplo: Txt
  • O nome do arquivo para o ícone do documento desejado. Coloque os arquivos na pasta icons pics / icons in the tree GLPI.
  • O tipo MIME, se necessário.
  • Permissão para fazer o download deste arquivo (sim ou não).

Você pode exportar a lista de tipos de documentos como SYLK, CSV ou PDF.

Nesta seção, você pode definir links para aplicações externas adaptadas aos elementos do inventário. Estes são visíveis a partir da aba Links dos vários cartões.

Vôce pode usar tags especiais que serão substituídas pelos valores do elemento. Tags validas: [ID], [NAME], [LOCATION], [LOCATIONID] [IP] [MAC] [NETWORK], [domain].

Cada link pode ser associado com um ou mais tipos de materiais.

Exemplo:

Você cria um link externo com o protocolo: http: [IP] que você atribui para o seu hardware de rede. * Um link tipo RDP: Para o acesso remoto a seus computadores, você cria um link externo para protocolos para acessar distant.rdp e definir o conteúdo do arquivo, inserindo o conteúdo de um tipo de arquivo RDP e substituindo o ip / nome / campo de TAGS tipo [IP], [NAME], [domain]. ===== Plugins ===== Esta secção só aparece se você tiver instalado plugins. Você terá acesso a sua configuração. ===== Checar se uma nova versão está disponível ===== Verifica a presença de atualizações no site http://GLPI-project.org e exibe no console central, no caso de uma nova atualização disponível.